quinta-feira, 22 de junho de 2017

O REI DO BAIÃO EM SÃO JOÃO DA SERRA-PI

                                                         

                                  O REI DO BAIÃO EM SÃO JOÃO DA SERRA-PI
                                                      
                                 Foi no ano oitenta e dois,
                                Que o povo de São João,
                                Comemorou muito alegre
                                Com bastante animação,
                                Recebendo nesse ano
                                Para abrilhantar o plano
                                O nosso rei do baião.

                               Era um grande empresário
                               O senhor Manoel Dantas
                               E ele estando aqui
                              Nossa cidade levanta,
                              Ele com seu jeito novo
                             No coração desse povo
                             Grande alegria planta.

                              Sendo o maior empresário
                               Da América latina
                              Do ramo de irrigação
                             Nossa cidade domina
                             Mudando aquele semblante
                             Transformando em gigante
                             A cidade pequenina.

                              Ele  na nossa cidade
                             Bastante famoso foi,
                          Um velho de mão abertas
                          Pra ninguém fechava “o oi’’
                           Quando ele aqui estava
                          Todo dia ele matava um boi.

                        A fama de seu ‘’Manoel’’
                             Pelo lugar se propaga,
                             O povo para com ele
                             Sempre tinha uma vaga,
                            Pra esquentar essa pista
                            Pra cá  trouxe muito artista
                          Como o rei do Luís Gonzaga

                              Luís Gonzaga aqui
                            Foi bastante aplaudido
                            Aquele dia histórico
                                 Foi bastante divertido
                            Algo mais que notório
                                Teve ate um auditório
                             Com seu nome construído

                          Nesse dia o pessoal
                        Curtiu bastante o som
                        Luís Gonzaga  tocava
                           E o povo achava bom
                        A festa não foi pequena
                        E um cara roubava a cena
                         Gonçalim do acordeon.

                        No município de Castelo
                         Esse grande cidadão
                          Era um cara muito fã
                       Do nosso rei do baião
                          Veio ao nosso lugar
                                  Para se apresentar
                             Ao lado de Gonzação
                             Na fazenda Paraiso
                              Conhecida por ladeira
                               Aconteceu essa festa
                              Animada por inteira
                               Pensque foi a maior
                              Também acha que a melhor
                                Que se deu nessa ribeira

                                  Senhor Manoel Dantas teve
                                 Uma bela atitude,
                                  Deixando historia que dar
                                   Tema de até uma novela
                                  Isso não ouvi fala r
                                 Mas acho que pingá lá
                                  Dava no meio da canela.

                                   Além disso, seu Manoel.
                                  Fez parque de vaquejada
                                     Chamado Dantaslandia
                                 Que animou a peaozada  
                                  Alcança va sua  gloria
                                   Por isso sua historia
                                   Merece ser registrada
                                  Foi mais uma poesia
                                  Do poeta do sertão
                                  Apedido do amigo Herllys Frazão
                                   Sobre Manoel e Gonzaga
                                     E isso ninguém apaga
                                   Pois chama muita atenção

                                     Antônio Carlos Almeida
                                     O poeta que vus fala
                                     Faça minha poesia
                                     Ate preso numa sala
                                    Obrigado minha gente
                                    Mas não quero meu repente
                                    Trancado dentro de mala.

MOTE CAIPIRA EM HOMENAGEM AO FESTEJO DE SÃO JOÃO BATISTA




                                      MOTE CAIPIRA EM HOMENAGEM AO FESTEJO DE
                                   SÃO JOÃO BATISTA
 
                                   São João da Serra é:
                                   Cidade especial,
                                   É pequena mais é bela é onde o pessoal.
                                   É gentil e muito honesto,
                                   Não tem briga,
                                   nem protesto,
                                    De maneira egoísta,
                                   Há muita festividade,
                                   O que encanta a cidade
                                   É o festejos de João Batista

                                   No festejo   é o período:
                                   Que reúne a multidão,
                                    Fieis lotam a igreja ,
                                   Pra fazer devoção,
                                   Rogam pedidos ao senhor,
                                   Proteção do criador
                                   Com palavras, otimista,
                                   E grande a felicidade,
                                   O que encanta a cidade ,
                                   É o festejos de João Batista.

                                   È   imenso a alegria;
                                 Temos missa e novena,
                                  Prestigiar o momento,
                                   Declaro que vale apena,
                                  Pra aumentar as emoções,
                                  O bingo e os leiloes,
                                  Estão no topo da lista,
                                   “São atratividades”
                                  Mas o que encanta a cidade,
                                  É o festejo de João Batista.

                                 No decorrer da festejo:
                                 Há festa de vaquejada,
                                 E as mais belas canções,
                                 Deixa a massa encantada,
                                 Tem o dia do vaqueiro,
                                Grande herói brasileiro,
                                Profissão que é bem vista
                                 Vaqueiro tem habilidade,
                                O que encanta a cidade,
                                 É festejo de João Batista.

                                 Mote do Poeta Bartolomeu
                                Adaptado por Herlllys Torres
                                 São João da Serra-Pi
                                  Data 22 de Junho de 2017.

Festejos Dia 21 de Junho 2017

 Festejos de São  João Batista , da Cidade de São João da Serra-Piaui no centro- norte do estado, na noite de ontem dia 21 de junho de 2017,teve novena e missa na igreja do Padroeiro, Depois,a População foi para Praça Dirceu Arcoverde "Praça do Abrigo" cutir a primeira noite com atrações  musicais  como: Aline Cabral, Rosa Xote ...






quarta-feira, 21 de junho de 2017

TRILHA ATIVIDADE PRAZEROSA


                                            TRILHA ATIVIDADE PRAZEROSA
                                                 Adoro São João da Serra                               
                                                  Minha terra natal
                                                  Temos um belo festejo
                                                  Com folia e arraial
                                                   Corrida e vaquejada
                                                   E a missa celebrada
                                                  Na matriz pro pessoal

                                                 Quando é no mês de junho
                                                Há bastante diversão
                                                  No festejo temos missa
                                                Novena bingo e leilão
                                                  Surge varias atrações
                                                 Pra animar os corações
                                               Encantando a multidão

                                              Vimos até Motocross
                                              Passando pro brogotó
                                              Os caras tudo maluco
                                              Voando numa roda só
                                              No meio daquela pedreira
                                             Dura falsa traiçoeira
                                             Onde é morada de mocó

                                             Data dezoito de junho
                                            Que ocorreu a aventura
                                             Pra correr na trilha
                                             Veio muita criatura
                                           De varias outras cidades
                                         Demonstrando habilidades
                                          É um pouco de loucura

                                             Essa corrida na trilha teve organização
                                           Do grande Herllys Torres
                                           Também  do Junior Frazão
                                           Foi um desafio bonito
                                           Só se ouviu foi o grito
                                           Da negrada no sertão

                                           O cabra bom da rally
                                          Não se perde na encosta
                                           Quanto mais o lugar e feio
                                          E do jeito que ele gosta
                                         Aquele que é ruim sai “camim”
                                          Leva tombo e cai de costa

          
                                            Sobe em pedra desanda
                                              E curte bem a zueira
                                             Vai no rumo da direção
                                             Do  agito da cabroeira
                                             Pro da frente é bom demais
                                             Sobra pra quem vem atrás
                                              Fumaça e muita poeira

                                              Todos tem objetivo
                                               De se dar bem na estrada
                                               Fazer uma boa rota
                                               Na vereda   empedrada
                                               Põem a moto pra roncar
                                                Em busca daquele lugar
                                                Primeiríssimo a chegar

                                                  É pau é pedra é poeira
                                                  É grotão, ladeira e areia
                                                 Sobe e desce colina
                                                  É o perigo campeia
                                                 Por onde a trilha passa
                                                Pedra se quebra e a massa
                                                 E o barulho “relampeia”

                                                 São diversas regiões
                                                 Percorrida por a trilha
                                                  Rallyzeiro não tem tempo
                                                  De cocar a virilha
                                                  Estão a fim de ganhar
                                                  Aquela medalha lá
                                                  De ouro que muito brilha

                                                   Boa sorte ao trilheiro
                                                   Que Deus abençoe também  
                                                  Pra que ele se divirta
                                                  E alcance ,uma nota cem
                                                   Leve Deus no coração
                                                  Corra com bem atenção
                                                  Pra  não atropelar ninguém

                                             Poeta- Bartolomeu 17 de junho 2017